Ano Novo


Jargão: “Começou o ano.”

Depois da última postagem, na qual postei receitas gastronômicas que fiz para o final de ano, resolvi repensar meus conceitos tanto de blog quanto de ser humano atuante em sociedade. Célula em um corpo virtual. Hoje, portanto, estou bem menos “experimental”.

Dizem que o ciclo de vida moderno é: crescer, estudar, trabalhar (contribuindo para a previdência), se aposentar e morrer. Ou, pelo menos, era. Devemos colocar o desemprego aí no meio. O desemprego e a opção de virar hippie. Até que se acabem as minhas economias, estou na opção de hippie (desempregado por opção)!


Os planos para vida de não trabalhador? Não tenho, ainda. A primeira coisa a ser feita é buscar investimento seguro para a grana guardada. Ações de algum banco, possivelmente. Ainda bem que sou um cara pouco materialista e não me fiz nenhuma dívida. (Fora a dívida moral que tenho com os ‘meus’, não é?). Mas dívida moral se paga de outra forma. Se é que se paga. Melhor, se paga, mas não se zera: se retribui. Ah, também tenho que adquirir uma garrafa de conhaque (Presidente, Dreyer???) para tomar choconhaque (vai vir um frio...........)

Aos poucos também retornarei à rotina de pseudo escritor. Esse frio (já falei dele?) que faz em São Paulo não nos ajuda em nada na dura tarefa de existir, mas, como os dedos ainda respondem aos estímulos, vou me fazendo, aqui.

Retomarei também o projeto do livro (e-book, à princípio) da coletânea poética. Instalar o InDesign e zás! Falta só acabar de escolher o programa!

Lá se vão dois poemas. Um inédito e outro que sairá no Revista Samizdat deste mês.

Abraços!



CAÍ
08.07.2009



Não como um anjo
que se liberta ou
um fruto
para germinar

Nem
como um gato
sempre de pé,
um rei
derrubado
ante a eminência do mate.

Não.

Como uma folha
na primavera.

Caí como as noites
e como a geada:
natural,frio – quieto.

às vezes, a morte
nos cai feito uma luva
de boxe;
noutras
de veludo.







HELENA FEBRIL

Suava.

Seus poros emanavam
não apenas líquido
que em vão tentavam retirar
do corpo
o calor excessivo.

Fluíam também
olhares-de-sereia.

Era imprescindível amar.

A febre ansiava
barro para forjar um corpo varão
e dele
de sua costela
sair mulher.


in Revista Samizdat


ANEXO I


SIGNO ASCENDENTE


Signo Ascendente é um dos doze signos zodiacais que se elevava no horizonte leste no exato momento em que você nasceu.

A interpretação do Ascendente (transcrição parcial) mostra como as pessoas o veem e como você gostaria de ser visto por elas. Em síntese, é a máscara que você usa quando se expõe ao mundo.

ASCENDENTE EM LEÃO

Altamente orgulhoso e algumas vezes até grosseiro, você gosta de impressionar e ser o observado pelos outros como uma pessoa especial. É hiper-extrovertido, agressivo, pouco afetuoso e raramente se satisfaz, principalmente quando ocupa uma posição subordinada, porque é um líder nato e não gosta de ser mandado sob hipótese alguma. Você precisa ter algo de "seu" - que seja só seu - um negócio, um projeto, uma casa ou qualquer outra coisa, que possa ser desenvolvida conforme sua vontade, visão.

fonte: http://www.astral-online.com/cgi-bin/ascendente.cgi


Nossa, pesquisei um pouco sobre esse esquema aí... mas nem vou postar aqui por que é muito “queima filme”... rsrsrs


You Might Also Like

3 comentários

  1. ééé
    a vida é um ciclo!
    Tudo novo... de novo :)

    ResponderExcluir
  2. Making money on the internet is easy in the hush-hush world of [URL=http://www.www.blackhatmoneymaker.com]clickbank blackhat[/URL], It's not a big surprise if you have no clue about blackhat marketing. Blackhat marketing uses alternative or little-understood avenues to build an income online.

    ResponderExcluir

Popular Posts

Flickr Images